Ação fiscalizatória em estabelecimentos comerciais de Sananduva apreende 2.800 quilos de alimentos impróprios ao consumo humano - Portal de Notícias - In Foco RS



Ação fiscalizatória em estabelecimentos comerciais de Sananduva apreende 2.800 quilos de alimentos impróprios ao consumo humano

 

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor, Saúde Pública e da Propriedade Intelectual, Imaterial, Industrial e Afins (Decon) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que integram a Força-tarefa Segurança Alimentar, também composta por agentes do Ministério Público Estadual, Secretaria Estadual de Agricultura e Pecuária, Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal e Secretaria de Inspeção Municipal, deflagraram, nesta quinta-feira (16), ação fiscalizatória em três estabelecimentos comerciais de Sananduva.

Durante a ação, os policiais civis, membros do Ministério Público e agentes fiscais constataram diversas irregularidades nos locais visitados, que expunham à venda produtos sem procedência, gêneros alimentícios com prazo de validade vencido, bem como carnes igualmente sem procedência e indevidamente refrigeradas. Foram apreendidos e descartados um total de 2.800 kg de produtos nos estabelecimentos fiscalizados.

O proprietário do estabelecimento comercial fiscalizado, de 55 anos de idade, foi preso em flagrante pela prática de crime contra as relações de consumo. As carnes sem procedência e outros gêneros alimentícios com prazo de validade vencido e que eram impróprios ao consumo humano, foram descartados pelo risco iminente à saúde. A fiscalização tem por objetivo garantir que alimentos seguros sejam disponibilizados à população, ou seja, próprios para o consumo e benéficos para a saúde.

Disque-Denúncia: 0800-510 2828

WhatsApp e Telegram: (51) 98418-7814

www.pc.rs.gov.br

Ação fiscalizatória em estabelecimentos comerciais de Sananduva apreende 2.800 quilos de alimentos impróprios ao consumo humano Ação fiscalizatória em estabelecimentos comerciais de Sananduva apreende 2.800 quilos de alimentos impróprios ao consumo humano Reviewed by In Foco RS on sexta-feira, maio 17, 2019 Rating: 5