Réus são condenados a mais de 100 anos de prisão pela morte do menino Bernardo

 

Leandro Boldrini, Graciele Ugulini, Edelvânia Wirganovicz e Evandro Wirganovicz foram condenados a 100 anos e oitos meses de prisão no julgamento da morte do Bernardo Uglione Boldrini.

A sentença do julgamento que durou cinco dias, em Três Passos, foi proferida no início da noite desta sexta-feira (15).

Veja as penas


Leandro Boldrini, pai da vítima, foi condenado a 33 anos e 8 meses de prisão: 30 anos e 8 meses por homicídio, dois anos por ocultação de cadáver e um ano por falsidade ideológica

Graciele Ugulini, madrasta da vítima, foi condenada a 34 anos e 7 meses de prisão: 32 anos e 8 meses por homicídio e 1 ano e 11 meses por ocultação de cadáver.

Edelvânia Wirganovicz, amiga de Graciele foi condenada a 23 anos de reclusão:  21 anos e 4 meses pelo homicídio e 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver.

Evandro Wirganovicz, irmão de Edelvânia, foi condenado a 9 anos e 6 meses: 8 anos por homicídio simples e 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver.

Os três primeiros cumprem pena inicialmente em regime fechado; Evandro, no semiaberto.

O caso


Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, desapareceu no dia 4 de abril de 2014, em Três Passos.

O corpo dele foi encontrado na noite de 14 do mesmo mês, dentro de um saco plástico e enterrado às margens de um rio em Frederico Westphalen.

Edelvânia Wirganovicz, amiga da madrasta Graciele Ugulini, admitiu o crime e apontou o local onde a criança foi enterrada.

Respondiamam processo criminal o pai de Bernardo, Leandro Boldrini, a madrasta do menino, Graciele Ugulini, e os irmãos Edelvânia e Evandro Wirganovicz.

Eles foram julgados pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Júri, pelos crimes de homicídio quadruplamente qualificado (Leandro e Graciele), triplamente qualificado (Edelvânia) e duplamente qualificado (Evandro), além de ocultação de cadáver. Leandro Boldrini também responderá pelo crime de falsidade ideológica.

Vinicius Coimbra/Diário da Manhã
Réus são condenados a mais de 100 anos de prisão pela morte do menino Bernardo Réus são condenados a mais de 100 anos de prisão pela morte do menino Bernardo Reviewed by In Foco RS on sexta-feira, março 15, 2019 Rating: 5