BRF de Chapecó anuncia demissões de 350 funcionários e suspensão parcial de abates

 
(ANGÉLICA LÜERSEN, Especial, DC)
A BRF vai demitir 350 funcionários do segundo turno de abate de perus e estuda conceder lay off por cinco meses após as férias coletivas de 1,4 mil funcionários, que iniciam no próximo dia 30 de julho.

 O lay off é uma suspensão temporária do contrato de trabalho em que ele fica à disposição da empresa e recebe um percentual do salário do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), por determinado período.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes de Chapecó e Região (Sintracarnes), Jenir de Paula, a informação foi repassada nesta quinta-feira, em reunião realizada na unidade.


– Vamos ver o que vamos fazer, ainda não assinamos isso mas a empresa já fez o comunicado. Vamos ter que realizar uma assembleia com os trabalhadores. É uma notícia muito ruim pois isso tem um impacto não só  para os trabalhadores mas para todos os que dependem da agroindústria. Isso traz um prejuízo para o município – explicou.


O abate de frangos, que é de 220 mil aves por dia, pode ser suspenso por seis meses segundo o presidente do Sitracarnes, em caso de lay off. O abate de perus, que é de 30 mil por dia, deve continuar com exceção de um turno.


Outros três mil trabalhadores devem continuar tanto no abate do peru quanto nos setores de industrializados.


– Tem os setores de empanados, industrializados e tem bastante estoque. Eles disseram que é devido ao embargo da União Européia – disse Jenir de Paula. 

A empresa fez um comunicado no final da tarde com o afirmando que a unidade vai continuar funcionando, mas com ajustes. Confira a íntegra da nota:.

Nota à imprensa


 Chapecó, 28 de junho de 2018 - A BRF informa que realizará mudanças na linha de processamento de perus de corte na unidade de Chapecó (SC). A adaptação tem como objetivo equalizar a produção à baixa demanda comercial para este produto e será concluída até a primeira semana de agosto.

Como parte do processo de revisão do complexo fabril, a BRF está avaliando ainda a possibilidade de adotar o regime de suspensão temporária do contrato de trabalho, conhecido como lay-off, para os colaboradores da linha de abate e processamento de frangos e áreas ligadas ao processo a partir do mês de setembro como alternativa para ajustar os estoques.

A companhia ressalta que a unidade seguirá em funcionamento durante esse período e os investimentos destinados a melhorias locais não serão alterados.

A empresa informa ainda que os termos contratuais vigentes serão honrados junto aos atuais integrados. A BRF irá acionar todos os produtores da região nas próximas semanas para comunicar os próximos passos.

*Informações NSC Total
BRF de Chapecó anuncia demissões de 350 funcionários e suspensão parcial de abates BRF de Chapecó  anuncia demissões de 350 funcionários e suspensão parcial de abates Reviewed by In Foco RS on sexta-feira, junho 29, 2018 Rating: 5