Sargento da Polícia Militar é morto a tiros em Chapecó

 
Foto: Willian Ricardo/ClicRDC

Um sargento da Polícia Militar foi morto em uma troca de tiros na tarde deste domingo (18), em Chapecó. Um dos suspeitos foi apreendido, outro foi morto.

O policial identificado como Claudecir Barrionuevo, de 44 anos, estava na casa de seu irmão nas proximidades da Rua Imperatriz Leopoldina, bairro São Cristóvão, quando teve sua caminhonete GM/S10, placas de Xaxim, furtada por dois indivíduos que usaram uma chave micha para abrir o veículo. Câmeras de monitoramento gravaram a ação:

Após perceber o crime, o policial e seu irmão entraram em um veículo VW/Polo e perseguiram os criminosos até a Rua Mato Grosso, no bairro Jardim Itália. Lá, os indivíduos abandonaram a caminhonete e continuaram fugindo a pé. Eles pularam um muro, entraram no pátio de uma residência e armados ameaçaram um morador exigindo a chave de um automóvel VW/Voyage. Antes de saírem do pátio, houve um confronto entre o policial militar e os criminosos. O PM Claudecir morreu no local após ter sido alvejado por dois disparos de arma de fogo que atingiram pescoço e a axila. Em seguida, a dupla roubou a arma do policial e fugiu com o veículo da família. O Corpo de Bombeiros e o SAMU estiveram no local e constataram que o homem não apresentava mais os sinais vitais.

Uma testemunha dos fatos conversou com o ClicRDC. Segundo o homem que prefere não se identificar, foram diversos disparos de arma de fogo. “A todo o momento eles ameaçavam meu pai pedindo a chave do carro, aí ele entregou. Eles atiravam muito, mas pra cima. Acho que foram mais de 10 tiros”, contou.

De acordo com uma nota divulgada pela Polícia Militar de Chapecó, o Claudecir Barrionuevo era 3º Sargento e atuava a mais de 24 anos de PM.  Foram 24 anos, 6 meses e 5 dias de Polícia Militar. Ele era casado e deixa esposa e três filhos.

Após receber as informações, a Polícia Militar empenhou diversas viaturas nas buscas pelos criminosos. Por volta das 16h30, o veículo roubado foi encontrado abandonado na Rua São Leopoldo, próximo do Hospital Regional do Oeste (HRO). A PM colheu informações e identificou que um taxista havia realizado uma corrida para dois indivíduos com características semelhantes, até o bairro São Pedro. Neste momento, diversas viaturas da Polícia Militar e Polícia Civil de Chapecó, Xaxim, Xanxerê realizaram um cerco no bairro, com objetivo de localizar a dupla.

Diversos suspeitos foram abordados, identificados, revistados e liberados. Mais tarde, a Polícia Militar recebeu informações sobre possíveis suspeitos na entrada da Rua Arraras, bairro Engenho Braun. Várias viaturas realizaram o cerco no local e conseguiram apreender um adolescente suspeito identificado como A.R.M de 17 anos de idade. O outro conseguiu fugir.

Ainda em buscas, cerca de uma hora depois da primeira prisão, outro suspeito foi localizado escondido na estrutura de uma caixa d’ água no pátio de uma empresa na Rua Arraras. Segundo a PM, houve confronto com um policial e o suspeito foi baleado e morreu. O homem foi identificado como Tiago de Paula Rosa, 23 anos de idade, estava armado com um revólver calibre. 32.

O local foi isolado pela Polícia Militar. Após os levantamentos necessários do Instituto Geral de Perícias (IGP), o Corpo de Bombeiros precisou auxiliar na retirada do corpo que estava a aproximadamente de 15 metros de altura. No final da ação, os mais de 100 policiais envolvidos na operação, realizaram uma oração.

VELÓRIO E SEPULTAMENTO DE POLICIAL MILITAR 

O velório do policial militar  iniciou por volta das 23h deste domingo (18) na Igreja Renovar em Cristo, fica na Rua Paulo Marques, entre Fernando Machado e Getúlio Vargas.

CULTO segunda-feira, às 15h30.

DESLOCAMENTO para cemitério, saída 16h00.

SEPULTAMENTO a manhã no Jardim do Éden 17h00.

Sargento da Polícia Militar é morto a tiros em Chapecó Sargento da Polícia Militar é morto a tiros em Chapecó Reviewed by In Foco RS on domingo, março 18, 2018 Rating: 5