Início Notícia Voltar

Catador de recicláveis morre após cair de arquibancada na praça de Tenente Portela

Depois de sobreviver a um grave atropelamento ocorrido há dois anos, o catador de recicláveis, Antônio da Silva, morreu aos 58 anos de idade



08/04/2021 16:35 por Portela Online

CapaNoticia

Foto: Reprodução/Portela Online

Banner Topo

Depois de sobreviver a um grave atropelamento ocorrido há dois anos, o catador de recicláveis, Antônio da Silva, morreu aos 58 anos de idade, mas em decorrência de ferimento craniano ocasionado durante uma queda que sofreu numa arquibancada localizada em Praça Pública de Tenente Portela, isto em outubro de 2020.

Em Fevereiro de 2019 Antônio foi atingido por um carro enquanto conduzia sua carrocinha de coleta pelo centro da cidade, em mais um dia de trabalho catando papelão e outros recicláveis. Por incrível que pareça ele, apesar de ter fraturado as duas pernas na ocasião, sobreviveu àquele atropelamento, o qual a polícia considerou tratar-se de um crime intencional, inclusive na época o motorista foi indiciado por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

Dois anos se passaram e Antônio sofreu outra de tantas quedas ocorridas devido à doença do alcoolismo. Desta vez caiu de uma altura de cerca de dois a três metros, das arquibancadas da Praça do Imigrante, batendo com a cabeça no piso de concreto da quadra coberta, fato que provocou graves ferimentos no seu crânio. Após meses de internações e tratamento ele não resistiu e veio a óbito às 5h desta madrugada, 08 de abril.

Comparando os dois episódios trágicos na vida de Antônio e suas consequências, o primeiro um atropelamento absurdamente chocante em via pública e o segundo, uma queda de alguns poucos metros de altura, fica a reflexão: temos mesmo uma hora certa para partir?


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.