Início Notícia Voltar

Três hospitais referência na região restringem atendimentos devido à alta de casos de Covid-19

As decisões das casas de saúde foram tomadas durante o fim de semana passado, logo após o Estado classificar a região de Palmeira das Missões, pela primeira vez, na cor preta



24/02/2021 16:20 por O Alto Uruguai

CapaNoticia

Foto: Divulgação

Banner Topo

Os três hospitais referência para atendimento da população na área de abrangência da 2ª Coordenadoria Regional de Saúde (2ª CRS) – o Hospital Divina Providência (HDP), de Frederico Westphalen; o Hospital Santo Antônio (HSA), de Tenente Portela; e o Hospital de Caridade, de Três Passos – restringiram atendimentos em decorrência do aumento de demanda por internações de pessoas com confirmação ou suspeita de Covid-19.

As decisões das casas de saúde foram tomadas durante o fim de semana passado, logo após o Estado classificar a região de Palmeira das Missões, pela primeira vez, na cor preta, dentro do modelo de distanciamento controlado. Desta forma, nas três casas de saúde referência na região, os atendimentos à população são exclusivos para casos de urgência ou emergência.

No HSA, de Tenente Portela, o comunicado da restrição de atendimento foi emitido no sábado, 20, e segue em vigor até segunda ordem. A mesma situação acontece com o HDP, de Frederico Westphalen, que está atendendo apenas casos de urgência e emergência desde o fim da sexta-feira, 19, e não possui previsão do retorno normal dos atendimentos. Além disso, o hospital portelense também cancelou as cirurgias eletivas por tempo indeterminado.

Já o Hospital de Caridade, de Três Passos, restringiu seus atendimentos na segunda-feira, 22, e manterá as restrições até a próxima segunda-feira, 1º de março, mas com possibilidade de prorrogação da determinação.

 

Atendimento nos hospitais da região

Hospital Nossa Senhora de Fátima, de Alpestre – Atendimentoapenas em casos de urgência e emergência. Cirurgias, procedimentos e consultas especializadas estão suspensas por tempo indeterminado.

Hospital Nossa Senhora Medianeira, de Planalto – Atendimentoapenas em casos de urgência e emergência. Cirurgias e procedimentos estão suspensos no momento. O atendimento prioritário está sendo aos pacientes de Covid.

Hospital São Gabriel, de Ametista do Sul – Atendimento apenas em casos de urgência e emergência. Cirurgias e agendamentos não estão sendo realizadas pelo hospital.

Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, de Iraí – Atendimento normal, mas as cirurgias eletivas estão suspensas até 31 de março.

Hospital São Roque, de Caiçara – Atendimento normal para todas as funcionalidades.

Hospital Santa Terezinha, de Palmitinho – Atendimentos apenas de casos de urgência e emergência. Cirurgias eletivas estão suspensas até 31 de março. Também estão suspensas a partir da próxima semana as consultas ambulatoriais.

Hospital São Roque, de Taquaruçu do Sul – Atendimentos apenas de casos de urgência e emergência e Covid-19. Por ser classificado como Pronto Atendimento de Urgência (Padu) não realiza cirurgia eletivas.

Hospital Pio XII, de Seberi – Atendimentos apenas de urgência e emergência. As cirurgias eletivas estão suspensas. O ambulatório ainda está mantido devido às gestantes que precisam realizar os pré-natais. Consultas de ginecologia prosseguem com 50% da capacidade.

Hospital São José, de Rodeio Bonito – Cirurgias eletivas estarão suspensas do dia 1º de março a 31 de março. A partir da próxima segunda-feira, os atendimentos também passarão a ser apenas de urgência e emergência.

Hospital Santa Rita, de Jaboticaba – Está priorizando casos de urgência e emergência. Consultas e procedimentos ambulatoriais estão suspensos por tempo indeterminado.


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.