Início Notícia Voltar

Mestrando de universidade alemã realiza estudo de caso na Creluz

Matheus disse que a Creluz figurou como um dos casos mais interessantes para desenvolver o estudo de caso



29/08/2019 00:14 por Edevaldo Stacke/Ascom Creluz

CapaNoticia

Foto: Divulgação

Banner Topo

O estudante brasiliense do programa de mestrado em Governança Ambiental, Matheus Fernando Kelson B. de Mendonça reside a três anos na Europa, neste momento, está concluindo a tese de mestrado em Governança Ambiental da Universidade Albert-Ludwigs-Universität Freiburg Im Bresgau, de Freiburg na Alemanha que tem como assunto o papel das cooperativas de energia no desenvolvimento sustentável rural nas regiões onde operam.

Após uma criteriosa análise do perfil das Cooperativas de Energia do Rio Grande do Sul, o mestrando disse que a Creluz figurou como um dos casos mais interessantes para desenvolver o estudo de caso, pela trajetória e ações que desenvolve junto as comunidades, transparecendo uma visão de gestão social, ambiental e econômica avançada, com exemplos práticos de um trabalho relevante e sustentável da região onde atua.

Além da entrevista gravada, do envio de uma gama de informações escritas, o estudo de caso ainda contemplou entrevistas com autoridades ligadas as entidades regionais e autoridades estaduais do Cooperativismo gaúcho para as devidas constatações e comprovações das ações da Cooperativa.

Ao final, o estudante Matheus Kelson, graduado em Relações Internacionais no Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB), especializado em Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Questões Globais na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) de São Paulo, disse ter ficado impressionado com o que ouviu, leu e visualizou dizendo ainda que a Creluz desenvolve um trabalho muito interessante e bonito, prometeu encaminhar os resultados, percepções e sugestões da pesquisa para gerar possíveis contribuições do estudo à Cooperativa.

O Presidente Elemar Battisti, salienta que a Creluz recebe constantemente muitas demandas por estágios e estudos sendo, praticamente, impossível atender todas as solicitações vindas de alunos e instituições de educação, mas que a Cooperativa está sempre aberta ao diálogo e contribuições da comunidade acadêmica e científica.


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.