Início Notícia Voltar

Família divulga nota sobre desaparecimento de médica em Erechim; Não houve pedido de resgate

Segundo o pai da médica, não houve pedido de resgate, como havia sido divulgado por alguns veículos de imprensa.



19/10/2020 17:55 por Rádio Planalto News

CapaNoticia

Foto: Reprodução

Banner Topo

O prefeito de Laranjeiras do Sul/PR, Berto Silva, divulgou uma nota à imprensa a respeito do desaparecimento de sua filha, a médica Tamires Regina Gemelli da Silva Mignoni, sequestrada em Erechim/RS na última sexta-feira, dia 16.

A informação sobre o pedido de dinheiro primeiro foi publicada por alguns veículos de imprensa do Paraná, inclusive de rádio e jornais da cidade. 

Confira a nota oficial:

"Nota à imprensa

Com o coração dilacerado e envolvido num sentimento de angústia que não cabe mais no meu peito, me dirijo à população de Laranjeiras do Sul para agradecer as manifestações de carinho proferidas a mim e à Eliza por conta do desaparecimento da nossa filha Tamires Regina Gemelli da Silva Mignoni, na última sexta-feira, 16 de outubro, em Erechim, no Rio Grande do Sul, onde ela atua como médica.

Aproveito para pedir encarecidamente a todos que não repassem informações inverídicas sobre o caso. O sensacionalismo e as notícias falsas só atrapalham neste momento. Nossa filha está desparecida. É só o que sabemos. Não sabemos onde ela está, como ela está e como se deu seu desaparecimento. Não confirmo essa notícia que espalharam de que sequestradores teriam pedido recompensa para libertar a Tamires.

Por favor, não compartilhem isso. Não autorizei absolutamente ninguém a falar em meu nome. Além de mim, somente a Eliza e o nosso genro Lucas têm autonomia para comentar o caso, mas não estamos fazendo. Nós só queremos a Tamires de volta, sã e salva. Continue nos ajudando, por favor, apenas com sua oração. Ela está nos mantendo em pé neste momento. Deus lhes pague.

Atenciosamente, Berto Silva."

 

Sobre o caso:

Nessa sexta-feira, 16, uma médica foi sequestrada na cidade de Erechim, distante cerca de 80 km de Passo Fundo.

Tamires Gemelli da Silva Mignoni é filha do prefeito de Laranjeiras do Sul, no Paraná, e trabalha na Unidade Básica de Saúde do bairro Aldo Arioli – em Erechim.

Ela foi raptada enquanto saia do trabalho. No momento, ela tripulava seu carro, um Chevrolet Equinox de cor branca. O veículo teria sido localizado pela polícia, mas ainda não há informações sobre o paradeiro da médica.

Uma das diligencia realizada pela polícia aconteceu em um apartamento, que fica na Rua Cesario Mattos, próximo da Praça Daltro Filho, no centro do município.

Policiais civis e militares buscam pela jovem neste sábado, 17.

Em contato com o comandante da Brigada Militar de Erechim, major Uilson Cecconello, na data do ocorrido, várias denúncias foram verificadas e as buscas prosseguem neste sábado.

O pai da vítima busca por reeleição na cidade onde reside, por isso, o sequestro pode ter motivação política. Cecconello informou que nenhuma hipótese pode ser descartada nesse momento. Segundo o comandante, as buscas continuaram a noite e ganharam reforços pela manhã, de forma integrada entre a Brigada Militar e Polícia Cicil. “As ações pela BM são o apoio da equipe de inteligência do 13° BPM naquilo que for possível, colaborando com a Policia Civil”, relatou o major.

Finalizando, o comandante frizou que seguirão buscando possíveis locais com câmeras que possam ter flagrado a passagem do veículo e outras situações.

Os PM da atividade ostensiva também atuando com ênfase à ocorrência, averiguando possíveis cativeiros, dentre outras medidas.

Qualquer informação que possa levar ao paradeiro de Tamires, deve ser encaminhada a polícia civil pelo fone 197 ou a Brigada Militar no 190.

 


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.