Início Notícia Voltar

Polícia Civil investiga tentativa de duplo homicídio após encontro partidário em Guaporé

O início oficial da campanha eleitoral começou de forma trágica no município de Guaporé. 



28/09/2020 18:12 por Rádio Planalto News*

CapaNoticia

Foto: Eduardo Cover Godinho

Banner Topo

O início oficial da campanha eleitoral começou de forma trágica no município de Guaporé. 

Dois homens, identificados como Roberto João Favero Junior, 37 anos, e Jonatan dos Santos de Oliveira, 33 anos, foram baleados na noite do domingo, dia 27 de setembro, por volta das 20h40min, com disparos de arma de fogo após reunião política em um imóvel na rua Dr. Jairo Brum (fundos), localizado no bairro Nossa Senhora da Saúde. 

Eles, juntamente com outros companheiros, estavam participando, minutos antes, de um encontro do Diretório Municipal do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) com a presença de apoiadores e de parte dos candidatos à majoritária e proporcional.

Após a atividade, quando no máximo 15 pessoas ainda encontravam-se no pavilhão, dois homens, ainda não identificados pelos órgãos de segurança pública, chegaram em um automóvel, provavelmente um Volkswagen Gol (cor vermelha), com armas de fogo em mãos e máscaras de proteção facial. 

Eles obrigaram todos os presentes a ficarem em silêncio e se voltassem para a parede. Posteriormente, sem dizer mais nada, efetuaram diversos disparos. Os tiros acertaram duas pessoas.

Foram os amigos, que estavam no encontro, que socorreram Favero e Oliveira para o Hospital Manoel Francisco Guerreiro. Ambos estavam feridos, sendo o caso mais grave o de Favero que havia sido alvejado na região do peito/tórax. Ele passou por atendimento pela equipe de profissionais de saúde e, diante do quadro, foi transferido para uma unidade hospitalar de Passo Fundo. Seu estado de saúde é considerado regular. Oliveira estava com ferimento superficial em um dos braços, na altura do punho. Passou por atendimento médico e na sequência recebeu alta.

Policiais do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM), de Guaporé, foram acionados e compareceram para verificar a ação delituosa. Com informações do veículo e as características, passaram a efetuar buscas na tentativa de localizar os autores, porém, não houve sucesso. Agentes da DP de Guaporé, setor de investigação, estiveram no local do crime e nas dependências da unidade hospitalar para efetuar o levantamento fotográfico, buscar provas e mais detalhes sobre o fato. Eles apreenderam estojos de munição calibre .380 e projéteis, além de outros objetos.

 

*Fonte: Rádio Aurora


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.