Início Notícia Voltar

Bebê recém-nascida é encontrada abandonada às margens de rodovia em SC

Uma recém-nascida foi encontrada abandonada às margens da SC-157, no interior de Quilombo, no Oeste de Santa Catarina.



23/09/2020 10:48 por ClicRDC

CapaNoticia

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Banner Topo

Uma recém-nascida foi encontrada abandonada às margens da SC-157, próximo a Linha Merlo, no interior de Quilombo, no Oeste de Santa Catarina. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o fato aconteceu nesta terça-feira (22).

Conforme a PM, uma mulher teria encontrado um bebê abandonado junto a um ponto de ônibus. No local, os policiais conversaram com uma testemunha que relatou que na manhã desta terça-feira, por volta das 09h, ouviu que um caminhão. O veículo ficou no local por aproximadamente 10 minutos e seguiu viagem em direção a Chapecó.

Segundo o relato da testemunha, logo em seguida, um de seus cachorros começou a latir na direção do ponto de ônibus. Como os latidos não cessavam, a mulher decidiu ir até o local. No ponto de ônibus ela encontrou enrolada em um pano uma criança recém-nascida, que ainda estava com a placenta e o cordão umbilical enrolado ao corpo.

A mulher pegou o bebê e levou até sua residência. No local em que fica a residência da testemunha não há sinal de celular, por essa razão, segundo o relato da mulher, ela não pode entrar em contato com a Polícia Militar.

O contato foi feito apenas às 15h30 desta terça-feira, quando o irmão da testemunha chegou em casa. Ele se deslocou até um ponto, conseguiu sinal de celular e ligou para informar o fato.

Diante do ocorrido, a Polícia Militar juntamente com a mulher e o bebê se deslocaram até o Hospital São Bernardo, em Quilombo para atendimento médico. Segundo a PM, os primeiros exames clínicos realizados pela médica plantonista mostraram que o bebê é saudável e está em perfeitas condições de saúde.

O Conselho Tutelar e a assistente social da infância e juventude do município de Quilombo foram acionados e ficaram com a responsabilidade da criança. A Polícia Civil irá investigar o fato.


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.