Início Notícia Voltar

Região está novamente em bandeira vermelha

Nesta semana, foram sete óbitos registrados por complicações de COVID-19, 40% a mais que a semana anterior



07/08/2020 21:52 por Folha do Noroeste

CapaNoticia
Banner Topo

Pela segunda semana consecutiva, o mapa preliminar do Distanciamento Controlado traz, nesta sexta-feira, 7, 12 regiões em bandeira vermelha. As outras nove regiões se encontram na bandeira laranja. Até domingo, 9, às 6h, municípios e associações regionais podem apresentar pedidos de reconsideração, que serão analisados para que as bandeiras definitivas sejam divulgadas na segunda-feira, 10.

A região de Palmeira das Missões mantém a classificação de alto risco, a despeito de ter sido beneficiada com o recurso na última semana pelo Gabinete de Crise. Em comparação à semana anterior, houve novamente forte aumento de 44% na ocupação de leitos clínicos confirmados Covid-19 na região de Passo Fundo, registrando 46 pacientes, antes os 32 da semana anterior. Como resultado, é altíssima a incidência de confirmadas para COVID-19 na região, de 12,73 hospitalizações registradas nos últimos 7 dias para cada 100.000 habitantes.

Merece atenção ainda a elevação no número de óbitos registrados na semana. Foram 7 pacientes que falecerem de Covid-19 na semana na região, um número 40% maior que o registrado na semana anterior. Melhor, porém, o indicador relativo ao de estágio da doença na região, que migrou da vermelha para a laranja. Foram registrados 333 casos ativos para 926 casos recuperados nos últimos 50 dias anteriores ao início da semana.

Nesta rodada, o mapa passa a ter 21 regiões. Desmembrada de Porto Alegre, que já se encontrava há várias semanas sob a classificação de risco alto, a 21ª região Covid passou a vigorar na quinta-feira (6/8) e reúne os 19 municípios das regiões Carbonífera e Costa Doce, recebendo o nome de Guaíba.

 

*Com informações do governo estadual


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.