Início Notícia Voltar

Acusada de matar o próprio filho nega o crime e advogado Jean reassume a defesa

Desde que assumiu o caso Jean sustentava a versão que ela agiu sem intensão de matar, alegando que ela havia ministrado uma dosagem de diazepan, remédio para acalmar Rafael



05/08/2020 10:43 por Portal RS Agora

CapaNoticia

Foto: Élinton Machado / Portal RS Agora / Reprodução

Banner Topo

Na manhã desta quarta-feira (05), o advogado Jean Severo conversou com a reportagem do RS Agora e confirmou que assumiu novamente a Defesa de Alexandra Dougokenski, mãe de Rafael Mateus Winques, de 11 anos, encontrado morto em Planalto.

Desde que assumiu o caso Jean sustentava a versão que ela agiu sem intensão de matar, alegando que ela havia ministrado uma dosagem de diazepan, remédio para acalmar Rafael, pois segundo a mãe ele estava muito agitado.

No dia 27 de junho, Jean Severo abandonou a defesa depois que a acusada apresentou uma nova versão dos acontecimentos e admitiu ter estrangulado o filho, segundo a Polícia Civil.

Quando o advogado deixou o caso, ele alegou que Alexandra estaria sendo coagida pela polícia a mudar sua versão dos acontecimentos. “Eu não assinei o depoimento porque eu tenho certeza que coagiram ela, usando a figura do outro filho, dizendo que ele ia ser preso ou ia ser morto, eu tenho certeza porque ela me disse isso”, disse o advogado de defesa Jean Severo.

Após ter assumido a defesa de Alexandra pela segunda vez, o advogado adiantou que ela nega a autoria do crime. “Alexandra nega a autoria do crime e nós vamos investigar a versão dela, que é oque a Policia não fez”, afirmou Jean Severo ao RS Agora.


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.