Início Notícia Voltar

Após mais uma atualização, região permanece em bandeira vermelha

Governo aplicou ajustes na linha de corte em sete indicadores do modelo e passou a considerar o saldo de casos “importados”



31/07/2020 20:05 por O Alto Uruguai

CapaNoticia

Imagem Reprodução

Banner Topo

O novo giro do sistema de distanciamento controlado, nesta sexta-feira, 31, apontou mapa preliminar no Rio Grande do Sul com 12 das 20 regiões em bandeira vermelha, de risco alto e maiores travas para o fluxo das pessoas e da economia. No somatório, 340 municípios estão inseridos nas zonas avermelhadas. Na faixa laranja, de grau médio e menos restrições à circulação, ficaram oito zonas.

Permaneceram na etiqueta vermelha as regiões de Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Caxias do Sul, Passo Fundo e Palmeira das Missões. Outras cinco tiveram piora dos indicadores, passando da laranja para a rubra: Santo Ângelo, Santa Rosa, Pelotas, Bagé e Lajeado.

Agora, é aberto prazo para que regiões e municípios possam recorrer ao governo estadual, apontando argumentos que justifiquem eventual avanço para a bandeira laranja, menos grave. O Palácio Piratini anunciará na segunda-feira, 3, o mapa definitivo, o qual terá validade a partir do dia seguinte. 

 

*Com informações da GaúchaZH


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.