Início Notícia Voltar

Policial militar da reserva não resiste aos graves ferimentos e morre em Porto Alegre

Vítima foi atacada e teve a bolsa roubada por dois criminosos armados no bairro Vila Nova



25/03/2020 10:46 por Correio do Povo

CapaNoticia

Foto: Reprodução/BM / CP

Banner Topo

A segunda sargento da reserva Terezinha Alfredo, 51 anos, não resistiu aos graves ferimentos e faleceu na madrugada desta quarta-feira após ser baleada em assalto em Porto Alegre. Ela havia sido atingida por um tiro no abdômen pouco antes das 21h de terça-feira na rua Atílio Superti, no bairro Vila Nova, na zona Sul da Capital. A vítima, que atuou no Departamento Administrativo da Brigada Militar e ingressou na corporação em outubro de 1990, chegou a ser socorrida e levada ao hospital. Policiais militares do 1º BPM atenderam a ocorrência.

As primeiras informações apontam que os dois criminosos levaram a bolsa da policial militar aposentada e fugiram em um Fiat Palio Week, de cor branca, que estaria em situação de roubo. A Polícia Civil vai investigar o latrocínio. Além de possíveis testemunhas, imagens de câmeras de monitoramento da área estão sendo procuradas em busca de pistas.

No Twitter, a vereadora e coronel da reserva Comandante Nádia fez uma postagem. “Perdemos nossa guerreira, Sargento Terezinha Alfredo. Ela saiu de casa para caminhar com o cachorro, foi assaltada e levou um tiro. Foi operada no HPS, mas não resistiu, faleceu nesta madrugada. Muito triste”, escreveu.

Motoboy atacado na zona Norte 

Já na vila Minuano, no bairro Sarandi, um motoboy foi baleado e ferido gravemente nas costas quando fazia uma entrega na noite de terça-feira. A vítima, que foi atacada por assaltantes, conseguiu mesmo assim escapar do local e deslocou-se até a avenida Sertório, onde foi socorrido e internado no Hospital Cristo Redentor.


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.