Início Notícia Voltar

Colorado empata com o Guaireña-PAR no Defensores del Chaco

No próximo domingo (08/05), Dia das Mães, o Clube do Povo visitará o Juventude, no Jaconi, a partir das 19h.



06/05/2022 13:54 por S.C. Internacional

CapaNoticia

Colorado empatou em 1 a 1 com o Guaireña-PAR/Foto: Ricardo Duarte

Banner Topo

Em duelo da quarta rodada da CONMEBOL Sul-Americana, o Inter empatou em 1 a 1 com o Guaireña-PAR, fora de casa, nesta noite de quinta-feira (05/05). Wanderson marcou o gol colorado na partida, disputada no Defensores del Chaco. Com o resultado, o Clube do Povo chega aos seis pontos na tabela do grupo E, segue empatada com os paraguaios, mas ocupando a segunda colocação pelos critérios.

O time de Mano Menezes volta suas atenções, agora, para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (08/05), Dia das Mães, o Clube do Povo visitará o Juventude, no Jaconi, a partir das 19h. Pela CONMEBOL Sul-Americana, o retorno aos gramados ocorre em 17 de maio, no Beira-Rio, contra o Independiente Medellín.

Contragolpe abre o placar para os paraguaios

A expectativa de ataque contra defesa foi confirmada nos primeiros minutos do confronto. Logo aos dois, Edenilson assustou em cobrança de falta pela direita da área rival. Escobar, sem rebote, defendeu. Aos cinco, quem aproveitou bola parada cobrada pelo camisa oito foi Alemão, que quase marcou após escanteio batido na primeira trave.

Já aos 10, Mauricio, então aberto na esquerda, foi servido por Wanderson, que iniciou o jogo na ponta-direita, e assustou em arremate rasteiro. A bola explodiu nos pés da marcação e saiu em escanteio. No minuto seguinte, Pena acertou a rede, mas de fora, tirando suspiros da Maior e Melhor Torcida do Rio Grande.

Superada casa dos 15 minutos, o domínio colorado, antes agressivo à intermediária defensiva do Guaireña, passou a sofrer com seguidos erros de passe, que limitaram o poder criativo da equipe alvirrubra. Seguro para travar o ataque do Inter, o Guaireña ansiava pelo contragolpe, e encontrou a oportunidade de seus sonhos aos 30.

Em velocidade, Villagra recebeu passe em profundidade e invadiu a área gaúcha. Bruno Méndez até conseguiu interceptar o iminente chute rival, mas com pênalti – na interpretação da arbitragem. Na batia, Otazú converteu, assinalando o único gol antes do intervalo.


Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.