Terra indígena do Guarita na iminência de um conflito - Portal de Notícias - In Foco RS



Terra indígena do Guarita na iminência de um conflito


 

A Terra Indígena do Guarita localizada nos municípios de Redentora, Tenente Portela e Erval Seco está à beira de um iminente confronto entre grupos de indígenas.

Deste as eleições para cacique realizadas no ano passado a Terra do Guarita ficou dividida entre dois grupos rivais, sendo que os ânimos se acirraram após uma denúncia de suposta irregularidades no processo de votação que elegeu Carlinhos Alfaiate como cacique, agregado a este fato nos últimos dias o Ministério Público Federal, através do Procurador da República Guilherme Augusto Velmovitsky van Hombeck, emitiu uma nota onde reconhece o cacicado de Carlinhos Alfaiate, o que provocou ainda mais o descontentamento do grupo liderado por Vilmar Salles.



Diante destes fatos na manhã desta quarta-feira (16/01) o grupo liderado por Vilmar Salles, que tem como base o Setor do Km 10, se deslocou até a comunidade do Setor Bananeiras onde fixaram um acampamento e conforme lideranças as mesmas exigem a renúncia do então Cacique Carlinhos Alfaiate, nem que para isso seja necessário o uso da força.

Já distante aproximadamente 8 km do acampamento montando pelo grupo rival, no Setor Estiva, o atual Cacique Carlinhos Alfaiate está reunido com as lideranças e atento ao que possa acontecer.

*Observador Regional


Terra indígena do Guarita na iminência de um conflito Terra indígena do Guarita na iminência de um conflito Reviewed by In Foco RS on quarta-feira, janeiro 16, 2019 Rating: 5