Filho de Sandra confirma que os pertences encontrados eram de sua mãe - Portal de Notícias - In Foco RS



Filho de Sandra confirma que os pertences encontrados eram de sua mãe


 

Após saber que uma ossada encontrada em uma fazenda de Palmeira das Missões na manhã de segunda-feira, 21, possa ser de Sandra Mara Lovis Trentin, 49 anos, desaparecida há quase um ano, o filho de Sandra demonstrou estar um pouco mais aliviado em entrevista concedida ao jornal O Alto Uruguai.

Rômulo Trentin Kohler, acompanha todo o caso, usa de suas redes sociais para manifestar e relembrar a mãe que está desaparecida desde o dia 30 de janeiro de 2018.

"Eu já conto como algo bom. A gente tinha um pouco daquela angustia de saber se realmente aconteceu aquilo que tinha sido noticiado. Se confirmar que o cadáver é dela, então teremos realmente uma certeza, um conforto, teremos um local aonde poderemos visitar." - disse Rômulo.

Ainda durante o dia de ontem, 21, o filho de Sandra esteve na delegacia de polícia civil para fazer o reconhecimento dos pertences encontrados junto ao cádaver.

"Cheguei na polícia, o pessoal me mostrou e eu realmente confirmei que a maioria dos pertences era dela. Inclusive a roupa que ela estava usando no dia do desaparecimento, cartões de banco, aliança, era tudo dela mesmo."

Rômulo também ressaltou a intenção em fazer algo para lembrar a mãe em caso de a perícia confirmar que o cadáver seja dela. "O básico será um velório, pois ainda não decidimos 100%. Mas, faremos algo sim."

Perguntado sobre a possibilidade de Paulo Ivan estar envolvido no crime, Rômulo Trentin preferiu não se manifestar.

Relembre o caso:


A contadora de Boa Vista das Missões, Sandra Mara Lovis Trentin, de 49 anos, foi vista pela última vez em 30 de janeiro de 2018, em Palmeira das Missões. Sandra saiu de casa para ir ao escritório que mantinha em sociedade com o marido, a poucos metros da residência. Após, se dirigiu à Palmeira das Missões, onde resolvia pendências do trabalho. Falou às funcionárias que retornaria cerca de duas horas depois e nunca mais voltou. 

A caminhonete Ranger que usava foi encontrada abandonada na cidade vizinha. O celular de Sandra não foi localizado. No começo das investigações, a polícia trabalhava com a hipótese de que a mulher pudesse ter sumido de forma voluntária. Intrigava os policiais, no entanto, o fato de ela ter deixado três filhas.

A investigação apontou que Paulo Ivan Baptista Landfeldt, de 48 anos, tinha planejado o rapto e a morte da mulher. Ismael Bonetto, de 22 anos, acabou preso em Santa Catarina, confessou o crime e afirmou ter sido contratado pelo marido, que é vereador. Depois, em um segundo depoimento, ele voltou atrás e negou participação no sequestro e na morte da contadora.

Paulo permaneceu quatro meses preso preventivamente, sendo em um primeiro momento no Presídio Estadual de Palmeira das Missões e depois transferido à Penitenciária Estadual de Canoas. O presidente da Câmara de Boa Vista das Missões foi liberado pela Justiça.Ismael continua preso.

O caso da contadora intrigou a comunidade de Boa Vista das Missões, que em março de 2018, no Dia Internacional da Mulher, realizou uma passeata no município clamando por respostas.

O delegado regional da Polícia Cívil, Carlos Beuter, afirmou no fim da tarde de segunda-feira, 21 de janeiro de 2019, que a ossada encontrada na manhã desta segunda-feira, numa propriedade rural localizada entre os municípios de Palmeira das Missões e Condor é da contadora Sandra Mara Lovis Trentin.

Segundo o delegado, os restos mortais foram encontrados na fazenda das Tunas, próximo de Condor. O morador da fazenda relata que estava indo buscar água para o cavalo quando viu parte do corpo exposto e chamou a polícia. Ao lado da ossada, também foi encontrado uma sacola com os documentos de Sandra.

De acordo com Beuter, os ossos foram enviados para o Instituto Geral de Perícias (IGP). Essa perícia por parte do IGP demora cerca de uma semana, mas a família da contadora requisitou ao Departamento Médico Legal (DML) a perícia da ossada dentária do cadáver para ter a confirmação de que o corpo é de Sandra. A perícia do DML é mais rápida e poderá já dar uma resposta em dois ou três dias. “As roupas eram de Sandra, os documentos eram de Sandra”, ressalta o delegado, afirmando que os restos mortais encontrados realmente sejam da contadora desaparecida.

*Jornal O Alto Uruguai
Filho de Sandra confirma que os pertences encontrados eram de sua mãe Filho de Sandra confirma que os pertences encontrados eram de sua mãe Reviewed by In Foco RS on terça-feira, janeiro 22, 2019 Rating: 5