Padrasto é condenado a 17 anos e 4 meses de prisão por matar enteada em Santa Maria

 
Um jovem de 21 anos foi condenado a 17 anos e quatro meses de prisão, nesta terça-feira, pela morte de uma criança de três anos, em Santa Maria, Região Central do Estado. Ele era padrasto da menina e foi sentenciado pelo crime de homicídio triplicamente qualificado por motivo fútil e por meio cruel. A sessão do júri foi presidida pelo juiz Ulysses Fonseca Louzada, O padrasto já estava preso na Penitenciária Estadual e vai cumprir a pena em regime fechado.  

A mãe da menina também foi julgada pelo crime, no dia 3 de agosto, e foi condenada a 20 anos de prisão em regime fechado. Ela está presa na Penitenciária Feminina Madre Pelletir, em Porto Alegre.

O crime ocorreu no dia 11 de julho de 2017, na Vila Pôr do Sol, Região Oeste de Santa Maria. Durante o julgamento, foi apresentado o laudo indicando que a morte da criança foi causada por politraumatismo.

Renato Oliveira/CP
Padrasto é condenado a 17 anos e 4 meses de prisão por matar enteada em Santa Maria Padrasto é condenado a 17 anos e 4 meses de prisão por matar enteada em Santa Maria Reviewed by In Foco RS on terça-feira, outubro 02, 2018 Rating: 5