Com maior adesão, protesto de caminhoneiros ocorre em pelo menos 50 cidades do RS

 
Manifestantes atearam fogo em pneus na BR 290, em Eldorado do Sul | Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação / CP
No terceiro dia consecutivo, os protestos dos caminhoneiros ganharam força no Rio Grande do Sul. Por volta do meio-dia desta quarta-feira, a categoria realizava manifestações às margens de rodovias de pelo menos 50 cidades gaúchas. Em nenhum caso, o trânsito estava totalmente bloqueado.

Os caminhoneiros, em protesto contra o preço do óleo diesel, estão impedindo a passagem de outros colegas. Contudo, alguns são contrários ao protesto. Na ERS 239, em Araricá, no Vale do Sinos, o motorista Eumar Mendes, 54 anos, transportador de sola de calçados de Novo Hamburgo, foi parado, mas não queria participar do ato.

Na BR 290, em Eldorado do Sul, os manifestantes chegaram a atear fogo em pneus, por volta das 12h30min, às margens da rodovia para evitar a passagem de outros caminhoneiros. O trânsito no local é lento. Já na BR 116, no km 387, em Camaquã, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) liberou a passagem para os veículos que quisessem seguir o trajeto.

O ato teve maior movimentação em Três Cachoeiras, no Litoral Norte. Às margens da BR 101, a comunidade se juntou aos caminhoneiros. Durante o ato, um manifestante foi atropelado no km 24,5 da rodovia, sentido Osório -Torres. O pedestre foi atingido pelo veiculo que seguia na sua faixa enquanto curzava a via. Ele ficou ferido e foi encaminhado com a perna fraturada ao hospital de Torres.
Em Esteio, na região Metropolitana, a manifestação em frente à Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), em Esteio, na região Metropolitana, ganhou novos adeptos: os motoristas de aplicativo se juntaram aos caminhoneiros. 

Confira os protestos

Rodovias federais

 - BR 116: km 397, em Camaquã

- BR 153: km 53, em Erechim

- BR 158, km 267, em Júlio de Castilhos

- BR 283: km 273, em Mato Castelhano

- BR 285: km 199, em Lagoa Vermelha

- BR 285: km 217, em Caseiros

- BR 285: km 301, em Passo Fundo

- BR 285: km 337, em Carazinho

- BR 285: km 461, em Ijuí

- BR 287, em São Pedro do Sul

- BR 290: km 175, em Butiá

- BR 290: km 214, em Pantano Grande

- BR 290: km 422, em São Gabriel

- BR 290: km 719, em Uruguaiana

- BR 386: km 37, em Frederico Westphalen

- BR 386: km 213, em Tio Hugo

- BR 386: km 243, em Soledade

- BR 386, kms 268 e 279, em Fontoura Xavier

- BR 386: km 347, em Estrela

- BR 392: km 66, em Pelotas

- BR 392, km 250, em Santa Maria

- BR 392, em São Sepé

- BR 468: km 1, em Palmeiras das Missões

- BR 472: km 155, em Santa Rosa

- BR 472: km 481, em Itaqui

- BR 472: km 573, em Uruguaiana

Rodovias estaduais

ERS 239, km 34, em Araricá

ERS 240, km 31, Montenegro

RSC 287, km 2, em Montenegro

RSC 287, km 78, em Venâncio Aires

RSC 287, km 104, em Santa Cruz do Sul

ERS 122, km 16, em São Sebastião do Caí

ERS 122, km 96, em Flores da Cunha

ERS 122, km 65, em Caxias do Sul

ERS 020, km 28, em Taquara

ERS 030, km 54, em Santo Antônio da Patrulha

ERS 040, do km 18 ao km 21, em Viamão

ERS 040, km 64, em Capivari do Sul

ERS 706, km 28, em Cerrito

ERS 118, km 09, em Gravataí

ERS 135, km 50, em Getúlio Vargas

ERS 223, km 28, em Tapera

ERS 223, km 53, em Ibirubá

ERS 332, km 139, em Espumoso

ERS 324, km 249, em Casca

ERS 324, km 22, em Coxilha

ERS 324, km 212, em Marau

ERS 324, km 148, em Pontão/Ronda Alta

ERS 436, km 01, em Taquari

RSC 471, km 215, em Encruzilhada

ERS 474, km 0, em Santo Antônio da Patrulha

ERS 463, km 53, em Tapejara

Correio do Povo
Com maior adesão, protesto de caminhoneiros ocorre em pelo menos 50 cidades do RS Com maior adesão, protesto de caminhoneiros ocorre em pelo menos 50 cidades do RS Reviewed by In Foco RS on quarta-feira, maio 23, 2018 Rating: 5