Inter vence o América-MG e segue na perseguição ao Palmeiras

 
Leandro Damião abriu o placar na vitória colorada | Foto: Fabiano do Amaral
Se a missão de correr atrás do Palmeiras é árdua, ao menos o Inter está fazendo a sua parte. O time colorado manteve a invencibilidade em casa nesta quinta-feira e derrotou o América-MG por 2 a 0, sem maiores problemas, numa noite de grande atuação de Edenilson e Leandro Damião – autores dos gols da partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a vitória, a equipe de Odair Hellmann se mantém na segunda colocação, agora com 65 pontos – cinco atrás que o time paulista faltando quatro rodadas para o fim do Brasileirão. O Inter volta a campo no próximo domingo, no Rio de Janeiro, onde enfrenta o Botafogo. O América, penúltimo colocado com 34 pontos, recebe o Santos. Ambos os jogos serão no domingo, às 17h.

Edenilson e Damião; Damião e Edenilson

Ao apito inicial, o Inter se jogou para cima do adversário. E o América-MG salvou-se como pôde, tendo trabalho para rechaçar cinco escanteios nos cinco primeiros minutos. Em um deles, Edenilson bateu cruzado e se o goleiro João Ricardo não estivesse ligado, poderia ter sofrido um gol olímpico.

O abafa durou uns 15 minutos, quando o América enfim conseguiu colocar a bola no jogo e pensar num jeito de tentar furar a barreira colorada – a equipe de Odair Hellmann se compactou na defesa, de forma a complicar os avanços mineiros. Trazendo os visitantes para frente, os colorados passaram a explorar os contragolpes, numa jogada que levaria perigo minutos a seguir.

Em meio a um dos momentos de equilíbrio da etapa inicial, brilhou Edenilson. O meia recebeu na intermediária de ataque e, calmamente, esperou a movimentação de Leandro Damião para pifar o centroavante. A bola veio rasteira na área para o camisa 9 encher o pé e vencer o goleiro, abrindo o placar no Beira-Rio.

O América, com o passar do cronômetro, voltou a se organizar þ não sem oferecer espaços generosos na defesa, como aos 42. No contra-ataque, Wellington avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Nico López completar de primeira, da meia-lua. João Ricardo voou no canto direito para defender.

O gol perdido pareceu que faria muita falta no lance seguinte – o melhor do América. Gerson Magrão infiltrou para Carlinhos que cruzou rasteiro na saída de Marcelo Lomba para Rafael Moura. O ex-colorado – com o gol escancarado – não alcançou por questão de centímetros. O susto foi passageiro. Dois minutos depois, em novo contragolpe, Leandro Damião retribuiu a assistência e encontrou Edenilson entrando na área. O meia aguardou a saída de João Ricardo e bateu cruzado, antes de correr para o abraço.

Segundo tempo mais lento

A etapa final começou mais lenta e com o Inter mais à frente. O primeiro “uhh” da torcida saiu aos 7, quando Fabiano mandou na área e Damião virou e chutou forte, mas em cima da marcação que congestionava a pequena área. O América, porém, não estava morto. Aos 9, na falta de marcação, Rafael Moura dominou e chutou forte para Lomba se esticar e dar um tapinha. Ainda assim, a bola bateu na trave, assustando a torcida.

Tal como em outros momentos do jogo, a resposta foi imediata. Segundos depois, Fabiano acionou Damião na área, que tocou para Nico López. O uruguaio desviou de calcanhar para Fabiano, de frente para o gol e na risca da pequena área. Na hora do chute, a marcação apareceu e travou a conclusão, que provavelmente seria o terceiro do Inter.

Em ritmo mais lento, Odair mandou Rossi e, depois, Zeca, nas vacas de Wellington Silva e Fabiano – que não jogará contra o Botafogo por ter levado o terceiro cartão amarelo. O América, por sua vez, chegou a esboçar alguma pressão entre os 25 e os 30 minutos. Aos 27, no mesmo lance, Rafael Moura furou constrangedoramente dentro da área, logo antes de Ademir chutar firme e no canto e Moledo cortar antes da chegada de Marcelo Lomba.

Mais para o fim do jogo, os colorados claramente adotaram a postura de aguardar os mineiros e sair nos contra-ataques. O que preocupou, porém, foi o lance aos 40, quando Leandro Damião precisou ser substituído na maca, sentindo dores.


Brasileirão - 34ª rodada

Inter 2

Marcelo Lomba; Fabiano (Zeca), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick, Nico López e Wellington Silva (Rossi); Leandro Damião (Jonatan Álvez). Técnico: Odair Hellmann

América-MG 0

João Ricardo; Norberto, Ricardo Silva, Matheus Ferraz e Carlinhos; Zé Ricardo, Leandro Donizete (Juninho), Ademir (Robinho), Gerson Magrão (Giovanni) e Luan; Rafael Moura. Técnico: Givanildo Oliveira

Gols: Leandro Damião (21/1), Edenilson (45/1)

Cartões amarelos: Rafael Moura; Fabiano

Árbitro: Wilton Sampaio

*Correio do Povo
Inter vence o América-MG e segue na perseguição ao Palmeiras Inter vence o América-MG e segue na perseguição ao Palmeiras Reviewed by In Foco RS on quinta-feira, novembro 15, 2018 Rating: 5