41ª Expointer termina com vendas acima do ano passado

 

O balanço final dos resultados da 41ª Expointer, apresentado neste domingo (2) à tarde, em entrevista coletiva na Central de Imprensa do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, revela que o volume de vendas superou a edição anterior. O total de negócios foi de R$ 2.300.360.769,81, valor 13% superior ao ano de 2017. 

No segmento de máquinas e implementos agrícolas, a comercialização atingiu R$ 2.284.813.575,33, cifra 18,8% além da obtida no ano passado.

Já o Pavilhão da Agricultura Familiar vendeu 40,3% mais que em 2017, alcançando a marca de R$ 4 milhões. Houve crescimento também no desempenho do setor de artesanato, que contabilizou R$ 1.277.968,48 com a venda de 30.930 peças. O aumento em comparação ao ano passado foi de 16,18%. 

Na comercialização de animais, houve decréscimo de 3,6%. O valor de vendas ficou em R$ 10.269.226,00. Neste ano, a exposição de animais contou com 4.247 exemplares de 145 raças, o que representou elevação de 32%, como resultado do retorno da mostra de aves, que havia sido suspensa em 2017 em razão da gripe aviária.

Se os resultados de comercialização agradaram os expositores, o número de público também não deixou a desejar. Nem mesmo a chuva dos últimos dias foi suficiente para frear a visitação. Em nove dias da feira, circularam pelo parque 370.581 pessoas. 



Força do campo


Para o governador José Ivo Sartori, as boas vendas e a projeção de uma ótima safra agrícola mostram a credibilidade dos produtores na economia do estado. Sartori também destacou a produção da agroindústria pelas mãos dos pequenos produtores e a participação das entidades parceiras como fator determinante para o êxito da Expointer. Ressaltou ainda que mais uma vez a feira demonstrou a força do campo e o empenho do trabalhador do setor primário.

Para o secretários da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein, a movimentação de negócios representa o reflexo da economia do país. “No caso do segmento de máquinas, percebe-se que o acréscimo está diretamente relacionado à visão de investimentos para o futuro”, avaliou.

Também participaram da divulgação dos resultados da Expointer o vice-governador José Paulo Cairoli, o secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcisio Minetto, o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, e representantes das entidades parceiras da feira: Farsul, Simers, Febrac, Ocergs, Fetag e Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo.
Infraestrutura

A infraestrutura do parque, dimensionada em 141 hectares e 70 mil metros quadrados de área de exposição, possibilitou melhor integração entre os 5.900 expositores. Nove espaços estiveram destinados para leilões e 19 áreas, para julgamentos. Os destaques deste ano ficam por conta da readequação dos estandes para gado de corte, com nova cobertura, do retorno do espaço para a comercialização das aves e da revitalização das esferas coloridas – símbolo da Expointer à entrada do parque.

Com a ampliação do Pavilhão da Agricultura Familiar em 3,5 mil metros quadrados, por exemplo, foi possível atrair 285 expositores em 280 estandes, onde os visitantes encontraram produtos da agroindústria, artesanato, plantas e flores. A expansão do espaço foi de 41%.

A cobertura jornalística teve a participação de 297 veículos de comunicação e 1.881 jornalistas,  incluindo profissionais da Argentina, Uruguai, Chile, Espanha, França, China e Turquia.

A próxima edição da Expointer, em 2019, está prevista para acontecer de 24 de agosto a 1º de setembro.

*Rodrigo Vizzotto
41ª Expointer termina com vendas acima do ano passado 41ª Expointer termina com vendas acima do ano passado Reviewed by In Foco RS on domingo, setembro 02, 2018 Rating: 5