Famurs e entidades do setor orizícola solicitam ao governo do Estado medidas para enfrentar crise

 
Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini
O presidente da Famurs, Salmo Dias de Oliveira, juntamente com o presidente da Comissão de Prefeitos da Agricultura e prefeito de Tapes, Silvio Rafaeli; o presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Gedeão Pereira; o presidente do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Guinter Frantz; e o vice-presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Alexandre Velho, entregou um ofício com reivindicações para combater a crise do setor orizícola para o governador José Ivo Sartori, na tarde desta quarta-feira (16/5). O documento solicita a diminuição do ICMS do arroz em casca de 12% para 7% e de 7% para 4%, pelo prazo de 90 dias; o restabelecimento da unidade da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa) de Rio Grande priorizando o embarque de arroz; e a rediscussão, renovação e revitalização integral do Irga para manutenção do quadro técnico e atuação.

O presidente Salmo lembrou que o pedido tem como objetivo auxiliar os 193 municípios produtores de arroz na busca de alternativas para diminuir a entrada do produto importado do Mercosul. “Os produtores estão enfrentando uma grande crise em função das disparidades entre os preços e os custos de produção. Há um desequilíbrio, enfrentado principalmente na região Sul do Estado, que vem pagando a conta por não conseguir competir com outros produtores, especialmente os argentinos, paraguaios e uruguaios”, explicou.

O governador José Ivo Sartori se comprometeu em encaminhar a reivindicação dos prefeitos e produtores para o secretário da Fazenda, Luiz Antônio Bins. “Entendemos a preocupação de vocês e faremos o possível para auxiliar no desenvolvimento dessa cadeia que é tão importante para o Estado”, disse Sartori.

No último dia 10, prefeitos, autoridades do setor orizícola e produtores participaram de um debate sobre a Crise da Cadeia do Arroz e o Impacto Econômico e Social nos Municípios, promovido pela Famurs, juntamente com a Federarroz, a Fetag-RS, a Farsul, e o Irga. No encontro, foram decididas as reivindicações encaminhadas hoje ao governo do Estado.

Famurs
Famurs e entidades do setor orizícola solicitam ao governo do Estado medidas para enfrentar crise Famurs e entidades do setor orizícola solicitam ao governo do Estado medidas para enfrentar crise Reviewed by In Foco RS on quinta-feira, maio 17, 2018 Rating: 5