“Tempestades severas” podem atingir Sul do Brasil

 

O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe) e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ambos órgãos oficiais de meteorologia no Brasil, alertam para a possibilidade de tempo severo nas próximas 24 horas em boa parte da Região Sul do país.

São esperadas tormentas acompanhadas de aguaceiros, granizo, raios e rajadas de vento, que dependendo da localidade e intensidade, podem resultar em danos estruturais consideráveis.

A instabilidade deve explodir já no final da noite desta quarta-feira (14) entre a Argentina e o Uruguai sendo a região de Uruguaiana, no sudoeste gaúcho, a primeira a sentir os efeitos.

Entre o início e meio da madrugada desta quinta-feira (15), a progressão da linha de instabilidade (LI) será muito rápida e boa parte dos municípios da metade sul gaúcha pode experimentar severidade, principalmente no tocante ao vento forte.

O Cptec/Inpe ressalta que de modo localizado, não se pode descartar até mesmo o risco de “tempestade severa”, normalmente associada a eventos como microexplosões ou tornados, embora haja muita cautela da meteorologia brasileira em ditar esse tipo de aviso à sociedade, mesmo com registros anteriores completamente favoráveis.

“Entre a noite desta quarta-feira (14/03) e a manhã da quinta-feira (15/03), a atmosfera apresentará um perfil muito instável na faixa entre o nordeste da Argentina, sul do Paraguai e Região Sul do Brasil, especialmente na faixa oeste. O avanço de um sistema frontal direcionará o fluxo de umidade associado ao JBN para a faixa acima mencionada. Embora o sistema frontal chegue ao RS apenas ao longo da quinta-feira (15/03), a atmosfera muito instável e a circulação divergente em altos níveis resultante do escoamento do Jato de Altos Níveis favorecerão a formação de intensas instabilidades pré-frontais que provocarão chuvas intensas e generalizadas entre o nordeste da Argentina, sul do Paraguai, noroeste do RS e oeste de SC. É elevado o potencial de rajadas de vento de forte intensidade, queda de granizo e, não se descarta, ocorrência de eventos de tempo severo. Ao longo da quinta-feira (15/03) estas instabilidades se espalham para os demais pontos de SC e atingem também pontos do PR, MS, SP e sul de MG e RJ. Nestas regiões, embora mais isoladamente, persistirá a condição para chuvas intensas em curto período e temporais pontuais. Na sexta-feira (16/03), o sistema frontal se afastará para o oceano ao longo do dia. Apesar disso, a propagação do cavado frontal favorecerá a ocorrência de pancadas de chuva entre o norte do RS e faixa leste do Sudeste. Novamente, entre o PR, SP e sul de MG e RJ haverá condição para chuvas intensas em curto período, rajadas de vento de forte intensidade e, isoladamente, queda de granizo.”

“Tempestades severas” podem atingir Sul do Brasil “Tempestades severas” podem atingir Sul do Brasil Reviewed by In Foco RS on quarta-feira, março 14, 2018 Rating: 5