Começa construção de novas celas no presídio de Frederico Westphalen

 
Amenizar os impactos da superlotação carcerária, como a possibilidade de fugas e as más condições de alojamento para os detentos, é o objetivo da construção de novas celas no Presídio Estadual de Frederico Westphalen, cujas obras tiveram início nessa quinta-feira, 4 de janeiro. A unidade está interditada pelo Poder Judiciário desde junho do ano passado e recebe presos de 17 cidades, das quais 16 colaboraram financeiramente para a ampliação, além das Comarcas Judiciais de Frederico Westphalen, Rodeio Bonito e Seberi. Na época, a cadeia estava com mais de 200 presos, mas possui capacidade para 84.


Foi quase um ano de tratativas para captação de recursos e elaboração do projeto, até que na manhã de ontem, o presidente do Conselho da Comunidade na Execução Penal, Pablo Kuhnen, o delegado penitenciário substituto da 4ª Região, Everson Hilger Cardoso, e o proprietário da Construtora Santa Vitória, Vilmar Bulegon, assinaram o contrato de obra e engenharia. 

Na ocasião, a administradora da casa prisional, Adriana Rosado, lembrou que é preciso que se planeje a construção de um presídio maior para daqui sete ou oito anos, levando em conta a evolução histórica do número de apenados. "Tínhamos celas com capacidade para receber quatro apenados com 13 presos. Como duas celas vão ficar interditadas durante o período de obras, transferimos 20 detentos para outros presídios da 4ª Região e conseguimos reforço de agentes penitenciários e pedimos também da Brigada Militar, para que a comunidade possa ficar tranquila", explicou Adriana.

O tempo estimado para conclusão é de 60 dias, prorrogávies por mais 30. O delegado penitenciário substituto disse que nessa primeira etapa serão quatro celas; a segunda se concentrará na área hidrossanitária, sanando os problemas de quase uma década com o esgoto, e a terceira na construção de mais quatro celas, totalizando oito novas. "A comunidade ter se mobilizado é algo visto com bons olhos pela Susepe e pelo governo do Estado", destacou.

No mesmo sentido, o presidente do Conselho da Comunidade reforçou que a iniciativa possibilita que cenas de presos em viaturas vistas na região Metropolitana não se repitam no Médio Alto Uruguai. "A gente tem que ter um olhar para o presídio porque se não chega ao ponto que chegamos aqui, superlotação, interdição, ou como em outros lugares, onde presos ficaram em viaturas", finalizou.

Começa construção de novas celas no presídio de Frederico Westphalen Começa construção de novas celas no presídio de Frederico Westphalen Reviewed by In Foco RS on sexta-feira, janeiro 05, 2018 Rating: 5