Queda dos índices de latrocínio se mantém no terceiro trimestre do ano

A diminuição em Porto Alegre é ainda mais acentuada: 59,4% - Foto: Rodrigo Ziebell/SSP
Os dados estatísticos da criminalidade no Rio Grande do Sul registram queda, pelo terceiro trimestre consecutivo, nos índices de latrocínio. O balanço parcial de 2017, divulgado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) nesta quarta-feira (1º), aponta redução de 28,3% em relação ao mesmo período em 2016. A diminuição em Porto Alegre é ainda mais acentuada: 59,4%.

Para o secretário Cezar Schirmer, os números dos nove primeiros meses do ano refletem o esforço do governo do Estado e a efetividade da atual estratégia definida pela Segurança Pública gaúcha. “Com reforço na Brigada Militar e na Polícia Civil foi possível dar continuidade às ações que definimos em nosso planejamento, cujos resultados podem ser observados nos indicadores”, ressalta.

Dos 18 indicadores que compõem a divulgação oficial da SSP, 13 apresentam redução no âmbito estadual. Além do latrocínio, é possível observar queda em crimes como ameaça contra mulheres (- 5,5%), furto (- 10,4%), furto de veículo (- 15,5%), furto de bancos (- 33,1%), roubo de bancos (- 16,9%), furto de comércio (- 5,6%), roubo de comércio (- 21%), roubo de usuários do transporte coletivo (- 31,1%), roubo de profissionais do transporte coletivo (- 21,7%), extorsão mediante sequestro (- 6,7%) e estelionato (- 1,7%) e abigeato (- 23,8).

Os crimes de estupro de mulheres e roubo não apresentaram alteração em seus percentuais. Três indicadores criminais registram aumento: homicídio doloso (3,4%), roubo de veículos (1,8%) e lesão corporal contra mulheres (0,8%).

Porto Alegre aponta diminuição dos homicídios de 15,8%
O crime de homicídio doloso ainda registra alta no estado, com aumento de 3,4% em relação ao mesmo período de 2016. No entanto, já é possível observar o início de uma tendência de diminuição. “No último levantamento, tínhamos alta de 7,9%. Agora, esse índice foi cortado pela metade”, ilustra Schirmer.

O secretário salienta a queda ainda maior dos homicídios em Porto Alegre. “A última divulgação apontava a diminuição de 10,2%. Agora, atingimos uma redução de 15,8%”.

Abigeato reduz ainda mais no RS

Os casos de abigeato reduziram em 23,8% no terceiro trimestre de 2017. A curva descendente neste tipo de delito já podia ser observada no levantamento do primeiro semestre, divulgado em agosto, quando os indicadores apontavam redução de 23,5%.

Foram 6.100 ocorrências neste ano, contra 8.011 no mesmo período do ano passado. “Com a criação das delegacias especializadas em Crimes Rurais e Abigeato (Decrabs), tenho convicção de que avançaremos ainda mais”, assegura Schirmer. 

SSP
Queda dos índices de latrocínio se mantém no terceiro trimestre do ano Queda dos índices de latrocínio se mantém no terceiro trimestre do ano Reviewed by In Foco RS on quinta-feira, novembro 02, 2017 Rating: 5