Jovem se nega a entregar celular e é morto a facadas em Uruguaiana



Vítima não entregou o celular e lutou com um dos criminosos. Brigada Militar afirma que responsável pelas facadas é um adolescente de 15 anos
O universitário Luís Emílio da Rosa, 21 anos, foi morto a facadas em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, no final da noite de domingo (17). Conforme a Brigada Militar (BM), o estudante de Veterinária foi vítima de um latrocínio (roubo com morte), após não entregar o celular para assaltantes.

Um amigo que estava com ele no momento do crime contou aos policiais militares que eles caminhavam na Rua XV de Novembro, no centro do município, quando dois assaltantes em bicicletas se aproximaram anunciando o roubo. A vítima reagiu e lutou com um dos criminosos. Durante a briga, o outro assaltante pegou uma faca e acertou o universitário, que morreu em atendimento no hospital do município.

Moradores e pessoas que passavam pela região detiveram um dos assaltantes, enquanto o outro fugiu de bicicleta. O criminoso rendido foi agredido até a chegada de policiais. Conforme a BM, trata-se de um adolescente de 15 anos. 

O criminoso que fugiu do local do crime foi encontrado nas buscas da BM, após o outro detido contar onde ele morava. O celular da vítima não foi encontrado.

AU Online
Jovem se nega a entregar celular e é morto a facadas em Uruguaiana Jovem se nega a entregar celular e é morto a facadas em Uruguaiana Reviewed by In Foco RS on segunda-feira, setembro 18, 2017 Rating: 5