Observatório da Carne vai modernizar pecuária de corte gaúcha

Governador Sartori destacou o esforço do Estado para buscar o fortalecimento da pecuária de corte - Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini
O início de um estudo para estruturar a Agência Gaúcha da Carne e modernizar a pecuária de corte no Rio Grande do Sul foi anunciado neste domingo (27), durante a 40ª Expointer. O primeiro projeto, o site Observatório da Carne Gaúcha, foi apresentado ao governador José Ivo Sartori e ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi. O projeto é da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi), entidades do set
or, federações, empresários e produtores da cadeia, e deve ser lançado em seis meses.
O melhor modelo para a agência será desenvolvido em conjunto por todos os representantes do setor, criando um espaço de elaboração de estratégias de crescimento na área. O Observatório é resultado de um grande estudo de inteligência da pecuária gaúcha, que já traz dados disponibilizados pela Defesa Agropecuária, vinculada à Seapi, e que vai agrupar informações de outros setores como exportação, circulação de animais, entre outros.

"Este é o primeiro passo a caminho de alcançarmos o que desejamos. Só vamos proteger o setor quando ele estiver unido. Nosso papel, como poder público, é modernizar o Estado", afirmou Sartori durante o encontro. Ele acrescentou que muitas mudanças já foram feitas no setor, em parceria com as entidades.

O secretário da Seapi, Ernani Polo, destacou que essa é uma construção coletiva que está apenas começando. "Vamos iniciar a estruturação desse processo, que começará pelo Observatório. Com base nos dados, o setor poderá agir com medidas de longo, médio e curto prazo para que todos sejam beneficiados. Só assim poderemos pensar, para um futuro, no selo da carne gaúcha, elevando a pecuária de corte. O desafio esta lançado e todos são bem-vindos", afirmou.

Para Blairo Maggi, o projeto vai trazer garantia para os consumidores em termos de qualidade e procedência da carne. "O Brasil é um grande produtor, mas somos um exportador invisível. Se quisermos participar desse mercado temos que nos modernizar. O que vocês estão propondo é total transparência visando a qualidade da carne gaúcha", enfatizou, ao comentar sobre a expansão de vendas do mercado brasileiro.

Segundo a coordenadora do projeto, Andréa Veríssimo, da empresa Avelã Public Affaris, contratada para conduzir o estudo e estruturar a agência, o projeto tem três etapas. "Num primeiro momento é reunir dados de inteligência. Depois, elaborar diretrizes de normatização. E por fim, gerar a promoção da carne gaúcha", detalhou.

O vice-governador José Paulo Cairoli falou da importância de envolver todos os setores na construção do Estado, "que não é um projeto de governo", para que o Rio Grande do Sul seja mais valorizado e tenha carne de qualidade.

Projeto de modernização da pecuária de corte

Estiveram presentes os secretários do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcisio Minetto, e da Casa Civil, Fábio Branco; o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal; o deputado federal, Luiz Carlos Heinze; o diretor administrativo da Farsul, Jorge Rodrigues; o presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva; e demais autoridades.

Cassiane Osório
Gonçalo Valduga
Observatório da Carne vai modernizar pecuária de corte gaúcha Observatório da Carne vai modernizar pecuária de corte gaúcha Reviewed by In Foco RS on domingo, agosto 27, 2017 Rating: 5