Reforma Trabalhista divide opiniões no Congresso Nacional


O Projeto de Lei da Reforma Trabalhista teve requerimento de urgência aprovado no plenário do Senado Federal na terça-feira (4), e com isso poderá ser votado na próxima semana. O embate a respeito do PL é grande no Congresso, com parlamentares contra e à favor. Para tratar do tema, o programa Revista Brasil desta quarta-feira (5), fez um debate com o senador Paulo Paim (PT/RS) e o deputado Darcísio Perondi (PMDB/RS).

O senador criticou a falta de debate sobre o Projeto de Lei no Senado. “Em um único projeto você está fazendo 117 alterações em artigos, e entre parágrafos e incisos chega a dar 200. A primeira questão é essa, o Governo manda com 7 artigos e da Câmara sai com 117. É humanamente impossível achar que senadores e deputados vão conseguir debater um tema como esse em um, dois meses”, conclui.

Para o deputado, existe, sim, a necessidade de uma Reforma Trabalhista, que segundo ele já aconteceu em vários lugares do mundo. “Hoje existe o diálogo, hoje predomina no mundo o acordado sobre o legislado, os sindicatos fortes, os empregados conversam com os empregadores, tem gente que trabalha em casa, tem gente que trabalha em outro país, tem gente que não trabalha as oito horas (...). E mais, essa reforma trabalhista não afeta nenhum direito trabalhista”, afirmou.

Revista Brasil
Reforma Trabalhista divide opiniões no Congresso Nacional Reforma Trabalhista divide opiniões no Congresso Nacional Reviewed by In Foco RS on quarta-feira, julho 05, 2017 Rating: 5