Prefeitura de Redentora deve suspender processo seletivo por suspeita de irregularidades

Sede do MP de Coronel Bicaco / Foto: Divulgação
A pedido do Ministério Público em Coronel Bicaco, a Justiça deferiu pedido liminar, em ação civil pública ajuizada, determinando que o Município de Redentora suspenda a seleção feita no Processo Seletivo Simplificado Nº 02/2017, até o julgamento final do processo.

Segundo o MP, o edital do Processo objetivava o preenchimento dos cargos de coordenador de polo, agente recreativo, auxiliar de apoio administrativo, orientador social, assistente de imprensa, fisioterapeuta e merendeira.

A ação, assinada pela promotora Dinamárcia Maciel, aponta que não há informações públicas sobre a formação e qualificação da comissão avaliativa do certame, à qual incumbiria a entrevista dos candidatos.

Outro problema apontado na ação é a ausência de critérios claros e objetivos para a análise dos currículos dos inscritos, além da previsão de validade do Processo Seletivo sem qualquer menção ao prazo dos contratos emergenciais.

A reportagem do site Portela Online entrou em contato com o prefeito de Redentora, Nilson Paulo Costa, que alegou ter recebido recentemente a notificação do MP e que após analisar junto ao Departamento Jurídico irá se manifestar.  Informou também que o referido processo seletivo era para o programa chamado Brincando com o Esporte do Governo Federal com contratos para 25 dias de trabalho.

De acordo com o prefeito ele tem prazo de 30 dias para responder ao Ministério Público.

A juíza fixou  multa para a hipótese de descumprimento da decisão.

Portela Online
Prefeitura de Redentora deve suspender processo seletivo por suspeita de irregularidades Prefeitura de Redentora deve suspender processo seletivo por suspeita de irregularidades Reviewed by In Foco RS on sexta-feira, julho 14, 2017 Rating: 5