Mais de 800 projetos da agricultura familiar receberam R$ 9,3 milhões no primeiro semestre

Cogumelos Paris são produzidos em duas estufas na propriedade de Jacir Antonio Hanauer - Foto: Itamar Pelizzaro/Ascom SDR

Para transportar sua produção de cogumelos Paris, Jacir Antonio Hanauer reclinava os bancos da Parati ano 1996 para acomodar em torno de 350 bandejas. No transporte entre a propriedade rural, em Glorinha, até os clientes, contabilizava perdas em razão do carregamento em um veículo inadequado, com pouco espaço e sem refrigeração.
Desde quinta-feira (6), por conta de um financiamento do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (Feaper), a agroindústria Empório Hanauer consegue entregar até 800 bandejas de cogumelos por dia, sem perdas. O projeto para aquisição de equipamentos para apoio à comercialização foi um dos 810 aprovados e contemplados no primeiro semestre pelo Feaper, que injetou quase R$ 9,3 milhões em recursos em pequenas propriedades rurais gaúchas.
“O Feaper é uma ferramenta para levar políticas públicas ao agricultor familiar, que deve se conscientizar da importância da organização e do trabalho conjunto com outros produtores para buscar o que precisam e conseguir melhor qualidade de vida”, disse o secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Tarcisio Minetto.

Apoio a projetos produtivos

Hanauer recebeu as chaves do furgão quando agricultores vizinhos se reuniram para comemorar a evolução do colega e discutir aspectos que envolvem as agroindústrias familiares. “Hoje, me sinto realizado, porque consegui colocar tecnologia em meu negócio, com apoio do Estado e financiamento do Feaper”, afirmou Hanauer. Ele produz cerca de duas toneladas de cogumelos em estufas por mês, na propriedade de dois hectares, com a ajuda da esposa, Zeni, e dos filhos Guilherme, 23 anos, e Maurício, 29.
Os 810 projetos financiados pelo Feaper no primeiro semestre deste ano envolvem série de atividades, como melhoria da rede elétrica do interior da propriedade ou geração de energia por meio de fontes alternativas; compra de sementes, mudas frutíferas, máquinas e equipamentos; construção e readequação da agroindústria; aquisição de veículos de carga; acesso à internet e à telefonia; implantação de sistema de irrigação; aquisição de gerador de eletricidade; construção de microaçudes e açudes; compra de reprodutores; aquisição de ordenhadeira e aquecedor de água.

O furgão vai facilitar a distribuição da produção de cogumelos Paris / Itamar Pelizzaro/Ascom SDR

Crédito sob medida

Os valores são flexíveis, de acordo com a necessidade dos agricultores. O Feaper opera financiamentos subdisiados em até 80%, com recursos do Tesouro do Estado destinados à Consulta Popular e do BNDES Pro Redes. Na lista de projetos aprovados este ano, há desde um jovem de 24 anos, do município de São Nicolau, que conseguiu R$ 2,5 mil para melhorar o acesso à internet e à telefonia na sua propriedade, até um homem de 70 anos, morador de Gentil, que obteve a liberação de R$ 9,7 mil para melhorar a rede elétrica do interior da propriedade ou geração de energia por meio de fontes alternativas.
A entrega das chaves do furgão a Hanauer reuniu cerca de 50 pessoas na propriedade. Estiveram presentes o diretor de Agricultura Familiar e Agroindústria da SDR, José Alexandre Rodrigues; o chefe de gabinete, Osmar Redin; o presidente da Câmara de Vereadores, José Flávio Soares; o gerente regional da Emater RS, Ademir Santin; o deputado estadual Elton Weber; representantes do Banrisul e do Sicredi.

Itamar Pelizzaro/Ascom SDR
Mais de 800 projetos da agricultura familiar receberam R$ 9,3 milhões no primeiro semestre Mais de 800 projetos da agricultura familiar receberam R$ 9,3 milhões no primeiro semestre Reviewed by In Foco RS on sábado, julho 08, 2017 Rating: 5