Denúncias de assédio moral fecham agência do Bradesco em Chapecó


Denúncias de assédio moral contra o gerente regional do Bradesco, em Chapecó, fizeram com que a agência Centro do banco fosse fechada nesta sexta-feira (7). O Sindicato dos Bancários de Chapecó e Região espalhou cartazes e faixas no prédio, em repúdio à atitude do gestor. As atividades dos funcionários foram paralisadas e apenas o autoatendimento está aberto. 

Os relatos constantes de assédio têm sido registrados há meses. O Sindicato já havia feito contato e reunião com o gerente na tentativa de resolver o problema, mas ele manteve o mesmo comportamento. Inclusive, outras denúncias da mesma prática foram registradas em outras cidades do Estado onde ele já trabalhou.

Junto do Sindicato de Chapecó, os Sindicatos dos Bancários de Concórdia, Joaçaba, São Miguel do Oeste e representantes da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito de Santa Catarina (Fetec-SC) participam da manifestação e cobram uma resposta do gerente. 

O diretor de comunicação do Sindicato dos Bancários de Chapecó e Região, Alzumir Rossari, afirma que os relatos descrevem situações de humilhação, falta de respeito e pressão psicológica. “São casos graves de assédio, ferindo a autoestima dos funcionários, tudo com o objetivo de diminuir os colegas, o que tem levado muitos ao adoecimento e, até mesmo, provocado pedidos de demissão por parte de vários bancários”.

AI Sindicato dos Bancários de Chapecó e Região



Denúncias de assédio moral fecham agência do Bradesco em Chapecó Denúncias de assédio moral fecham agência do Bradesco em Chapecó Reviewed by In Foco RS on sexta-feira, julho 07, 2017 Rating: 5